O que é necessário para manter um e-commerce de alimentos

E-commerce de alimentosTendência cada vez mais crescente no mercado, inclusive com a adesão de grandes players, a venda de alimentos em canais digitais aumenta também em pequenos e médios comércios virtuais. Seja de produtos não perecíveis, seja de doces e salgados por encomenda, seja de bebidas, de lanches, ou de outros tipos de cardápio, o que não faltam são boas opções para os consumidores, como por exemplo o Boa Gula Delivery que oferece diversas opções de pratos congelados saborosos, sem conservantes ou corantes, para quem não abre mão do sabor e da praticidade.

Mas a grande dúvida é: como manter uma loja desse segmento, dada a complexidade logística desse tipo de material e os desafios que esse tipo de operação oferecem? Veja algumas dicas!

Fazendo seu e-commerce de alimentos funcionar bem

Entrega: dependendo do tipo de produto e do quão perecível ele é, possivelmente você precisará restringir a entrega para uma região que possa ser atendida pessoalmente por você ou por uma transportadora de confiança, em um prazo curto de tempo. Se o produto não for altamente perecível ou mesmo for não-perecível, é possível utilizar além das transportadoras o serviço dos Correios, que oferece condições próprias para as lojas virtuais, como preços especiais de frete para os clientes. Entregar o produto em perfeito estado para o cliente é o primeiro e mais importante passo para criar um bom vínculo e marcar positivamente sua loja virtual.

Rapidez: diferente de outros tipos de produtos, os alimentos devem ser entregues rapidamente. Mesmo que eles não sejam perecíveis, a questão é mais pelo cliente do que pelo produto, pois os compradores querem sempre a máxima rapidez na entrega. Por isso, esse é um detalhe que deve ser sempre planejado com muito cuidado.

Armazenamento: o local de armazenamento dos itens deve ser completamente adequado, com temperatura ideal, com geladeiras para os produtos que necessitem de refrigeração, e prateleiras e armários absolutamente higienizados. Conte com embalagens adequadas para os itens, evitando que eles sofram com o transporte.

Plataforma de vendas: a plataforma do seu e-commerce precisa oferecer um ambiente intuitivo para a compra dos produtos. Disponibilize informações suficientes desde a busca do produto até a finalização no carrinho, deixe tudo claro sobre a procedência, validade, tempo de entrega, forma de transporte, entre outros dados, e estabeleça uma relação de confiança com os seus clientes. Com isso, seu negócio tem tudo para se manter em crescimento!