Saiba como montar uma loja virtual bem sucedida

Saiba como montar uma loja virtual bem sucedida

A vontade de montar o seu próprio negócio, aliada ao crescente espírito empreendedor, têm sido os grandes responsáveis pelo número de start-ups que surgem todos os anos. Segundo estudo realizado pela consultoria A Arte da Marca, o mercado brasileiro de startups se encontra entre os 15 mais promissores do mundo (o primeiro lugar é ocupado pela região do Vale do Silício, nos Estados Unidos).

O papel dos empreendimentos virtuais nesse crescimento de negócios próprios no mundo é muito alto, já que abrir a sua empresa e começar as atividades virtualmente requer um investimento menor do que optar por um empreendimento físico, que necessita de espaço dedicado, mais funcionários, etc.

Levando em consideração o crescimento de 18,5% dos serviços de start-ups no Brasil desde o final de 2015, segundo levantamento da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), investir em um serviço virtual de qualidade tem se tornado prioridade para todos os aspirantes a empresários.

Para que o seu empreendimento seja bem sucedido, é preciso que seu e-commerce seja montado adequadamente. O público alvo, produtos e serviços oferecidos, e a pretensão de expansão são apenas alguns detalhes a serem considerados na hora de criar uma loja virtual de sucesso.

Confira a seguir algumas dicas para montar um negócio virtual bem sucedido.

Planejamento e organização são essenciais

Assim como em um negócio com unidades físicas, o planejamento em um empreendimento virtual é extremamente importante. Antes de iniciar a montagem da sua loja, é preciso saber com exatidão no que você investirá .

Nesta primeira etapa, a seleção de um nicho de mercado e o entendimento do público alvo do nicho escolhido são os processos mais importantes.

Entenda as necessidades de seus futuros clientes realizando pesquisas de mercado e coletando informações já divulgadas acerca do assunto. Esta reunião de informações também permitirá que você trace objetivos e saiba o quanto é possível expandir o seu negócio a curto, médio e longo prazo.

Na hora de fazer as escolhas estéticas e funcionais do seu e-commerce, esse conhecimento também será de vital importância.

Escolha a plataforma adequada

Para os recém iniciados no mundo do e-commerce e dos negócios virtuais, a importância da escolha de uma plataforma para a loja virtual pode não estar clara. Essa plataforma será o espaço online onde toda a magia acontece: desde a montagem estética e de códigos da loja, até compra, venda e controle de estoque.

Por isso, escolher uma boa plataforma é muito importante e deve ser uma decisão a se tomar de forma criteriosa. Isso porque, após o lançamento da loja, trocá-la de plataforma pode ser um processo arriscado e estressante, para dizer o mínimo.

Existe uma infinidade de opções para que o jovem empreendedor possa escolher a que funciona melhor para o seu negócio: open source, Saas e exclusivas. Como o orçamento apertado faz parte de quase todos os negócios recém-criados, as plataformas Open Source, que são gratuitas, tendem a ser as mais escolhidas.

Mas isso não significa que elas sejam de má qualidade. Como exemplo, temos a plataforma de e-commerce Magento, uma das mais consagradas do mercado brasileiro e utilizada por marcas de renome em suas lojas, como Saraiva, Drogasil, Droga Raia e Porto Seguro .

Com inúmeras funcionalidades e código fonte aberto, é possível fazer diversas modificações a seu gosto para deixar o seu espaço virtual o mais personalizado possível.

Atente-se aos sistemas de pagamento

Para que você possa ver o seu negócio crescer e consiga lucrar com o empreendimento, é preciso equipar a sua loja com sistemas de pagamento adequado. São três os principais tipos mais utilizados: intermediadores de pagamento, gateways de pagamento e integração direta com as operadoras.

Não existe uma escolha certa ou errada aqui. É preciso conhecer bem as necessidades da sua loja na hora de escolher o melhor método. Com a primeira opção, empresas terceirizam o processo de pagamento e se responsabilizam pela proteção antifraude. Já nos gateways de pagamento, há a interligação da loja com as administradoras, sendo mais indicados para negócios com grande volume de vendas. Finalmente, na integração direta, o empreendedor tem contato direto com as empresas de pagamento.

Design, marketing e funcionalidade

Na hora de montar a sua loja dentro da plataforma de e-commerce escolhida, é preciso ter em mãos todos os dados e informações colhidos na primeira etapa de planejamento e organização.

Assim, é possível criar um espaço com design, apelo visual e funcionalidades que agradem o seu público alvo, o que vai desde a linguagem utilizada no site até a paleta de cores e fontes selecionadas. Um dos cases internacionais de maior sucesso é o do Burger King, com a empresa Meyer Quick Service Logistik (QSL), na Alemanha. Utilizando a plataforma em um negócio B2B (entre duas empresas), a empresa conseguiu desenvolver uma plataforma de pedidos baseada em Magento para essa que é uma das marcas de fast food mais conhecidas em todo o mundo.

Foi possível fornecer informações detalhadas em logística e gerência de tempo para todo o processo de entrega, desde o momento do pedido até a entrega deste às mãos do consumidor. Isso tudo integrando a plataforma B2B com o sistema que gerencia o preparo dos produtos. A facilidade também se fazia presente em uma interface intuitiva para os profissionais da rede, que diminuía o tempo de treinamento e prevenia erros. Vale a pena seguir esses caminhos de sucesso, entendendo o perfil do seu público e tentando alcançá-lo pela utilização de estratégias de marketing correspondentes através da plataforma Magento.